Perna sem varizes
Curso de Flebologia estética
naturale SBACV Human aesthetics group
HOME
Introdução
Programa
Conteúdo
Datas
Local
Inscrições
Contato
Corpo Docente
Cirurgia Vascular e Estética
As Especialidades
A Estética Humana e a Medicina
Porque Estudar Estética?
História das Varizes
Human Aesthetics Group
Hoteis Próximos

naturalecurso

naturale

Local Curso Prático
Clínica Naturale Unidade I
Conjunto Comercial Casablanca
Bloco A CJ 51/52
Moema – São Paulo – SP
Brasil
CEP 04088-901
Acessos :
Acesso 1 e Parking : Alameda dos Jurupis , 452
Acesso 2 : Av. Moema, 87

Local Curso Teórico
Centro de Convenções
Mercure São Paulo
Times Square Hotel
Torre Adagio
Sala Central Park
Avenida Jamaris , 100
Moema – São Paulo – SP
Brasil
CEP: 04078-000

 

 

Curso Teórico - Prático de Formação em Estética Vascular

PROMOÇÃO:CLÍNICA NATURALE - SÃO PAULO
DOCENTE : PROF. DR. MIGUEL FRANCISCHELLI NETO
Curso São Paulo

EDIÇÕES I a V : (100% das vagas esgotadas)

Próximo Curso- VI Edição

12 a 15 de Abril de 2018

aguarde abertura de inscrições em breve

Porque estudar a Estética Humana em Medicina?

A Medicina é responsável pelo maior expectativa de vida da população. Se há pouco mais de um século a expectativa de vida da espécie humana girava em torno de 45 anos hoje ultrapassa 75 anos em nosso país e, mesmo, em muitos países ultrapassa os 80 anos e os centenários não são raros. Mas de que adianta estar vivo mais tempo em más condições de saúde? – A Medicina Preventiva, controlando o Diabetes, a Hipertensão, as Dislipidemias, o Excesso de Peso, orientando sobre maus hábitos, vida sedentária, alimentação correta, prevenção e detecção precoce de neoplasias etc., etc., consegue manter esta longevidade, mas em melhores condições de saúde.  Não basta estar vivo, é preciso estar vivo e saudável! Mas de que adianta estar vivo, com saúde e infeliz?  A qualidade de vida, em que se inclui a auto-estima, o bem estar emocional e conseqüentemente a estética humana também deve ser considerada.  Se a Medicina já ofereceu mais tempo de vida, já oferece mais vida com  saúde , nada mais natural que ela participe do terceiro fator do trinômio Vida,  Saúde e Felicidade  e se esforce para oferecer mais  qualidade de vida onde se inclui a Estética Humana. 

AMBROISE_PARE

Ambroise Paré trabalha em Paris

A qualidade de vida e o bem estar emocional  passam
a  ser incluídos como indicadores de saúde...
Não basta estar vivo, é preciso estar vivo, com saúde e feliz!

 

 

O Cotidiano e o “Design” Humano.

O Design, a estética do “dia a dia”, faz parte de nossas vidas e não surpreende a ninguém. Muitas vezes investimos muito em estética dos objetos e nem nos damos conta. Uma boa geladeira deve gelar, mas se prefere uma que não só resfrie bem, mas que tenha uma boa aparência. Um carro econômico e eficiente é desejável, mas não se compra um carro de mau aspecto, se for possível se prefere o mais bonito, e claro, com maior custo. Um computador, um relógio de pulso, um celular, um pacote de bolachas, uma infinidade de produtos nos oferece o Design. Beleza que é comprada sem causar nenhuma estranheza. Ainda existe a Arquitetura, a Decoração, o cachorrinho de casa, o Turismo: ninguém deseja viajar para um local feio. Ninguém quer almoçar em um restaurante de  mal aspecto. A estética está presente no subconsciente humano como um desejo de harmonia. È pretensioso o Homem julgar que cria a beleza. Se a raça humana for eliminada do universo a Beleza continua: Nos animais, nas flores, no mar, nas paisagens, nas estrelas, nos cenários e florestas.  Os Homens não criaram a Harmonia, e quando dela lançam mão, em seus objetos, em suas visões ou para si próprio, apenas procuram se enquadrar na natureza cósmica. Portanto não há nenhum mal em um homem ou mulher querer melhorar o próprio design, apenas estão  se relacionando melhor com a criação. Cuidar da aparência, mesmo que utilizando a Medicina ,  desde que não haja exageros e riscos desmesurados deve ser entendido apenas como uma questão de Design Humano. Não são os Médicos que trabalham com a estética que criam estas expectativas, eles apenas a elas respondem.

fibra_otica_evlt

Fibra ótica EVLT - foto do autor

Não é a Medicina aplicada à  estética que, como ciência, cria esses aspectos básicos que são o gosto e a estética. Cabe a ela apenas atender aos anseios do inconsciente coletivo e como uma manifestação artística, criar, manter e melhorar a beleza humana.

 

 

A Medicina e a Estética Humana

 

Várias áreas da Medicina e fora da medicina, timidamente, ou mais explicitamente se dedicam a Estética Humana. Os procedimentos da Cirurgia Plástica, os Tratamentos de Dermatologia, o emagrecimento na Endocrinologia, o tratamento de pequenas veias na Angiologia e Cirurgia Vascular se juntam à Educação Física, a Nutrição, a Fisioterapia no cuidado a estética humana.
Acreditamos que se para dar qualidade de vida e melhorar e manter a estética humana é necessário muitas vezes medicar e intervir sobre o corpo humano o melhor profissional, o mais preparado para esta ação é o médico. Mas é necessário que seus atos técnicos quando aplicados a estética,   sejam atos médicos, embora  sem preconceitos, mas com ética, ciência, prudência, perícia e atenção
.

 

.

 

female_legs

Se a Medicina responde e se propõe a atender este verdadeiro clamor da população por estética, que em última análise,  reflete qualidade de vida, tendência deste  novo milênio, então deve utilizar todo os seus recursos,  incluindo os  conhecimentos  históricos, científicos e éticos  e atender a estes problemas como qualquer outro do seu  universo, sem pré-julgamentos ou preconceitos

 

 

 

 

 

 

 

 

O Papel das Especialidades Médicas na Estética Humana

Cirurgia Plástica: esta área tradicionalmente se dedica aos procedimentos estéticos, paralelamente aos procedimentos restauradores. Entretanto teve grande desenvolvimento a partir da década de 70, quando surgiram as lipoaspirações e as cirurgias de mama foram popularizadas. Dedicava-se inicialmente aos procedimentos cirúrgicos, mas posteriormente, após um período de crítica inicial, introduziu os chamados procedimentos clínicos (Botox, LASERs e Preenchimentos) na  sua prática rotineira. Atualmente tem importante ação em muitas áreas da Estética Humana tanto  clínica  como  cirúrgica.

Dermatologia: esta área inicialmente demonstrava verdadeiro  preconceito em relação aos procedimentos estéticos, mas posteriormente assumiu e passou a defender intensamente a ação sobre estes procedimentos em diversos países. E hoje o setor que mais se desenvolve  na Dermatologia com  importante ação em muitas áreas da Estética Humana tanto  clínica  como  cirúrgica.

 

Cirurgia Vascular: Os tratamentos estéticos vasculares, mais frequentemente a Escleroterapia , a  Minicirurgia de varizes e o  LASER transdérmico são discutidos e praticados pela imensa maioria de seus especialistas. Inicialmente era discutido mais secundariamente, mas recentemente passou a ocupar lugar de destaque em conclaves brasileiros. Existe um reconhecimento sobre a excelência do Cirurgião Vascular Brasileiro em relação a Estética Vascular. Técnicas simples, mas fundamentais foram aqui desenvolvidas, como a agulha de crochê, as minincisões, e as microcirurgias com finalidade estética. Existe um  grande número de profissionais ligados a área interessados nestas práticas e recentemente  foi criado   um segmento formal dentro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular  dedicado a Estética Vascular: o “Departamento Científico de Doenças Vasculares com Comprometimento Estético”. Este novo setor é dedicado ao Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento da Estética Vascular.

INSCRICÕES