Perna sem varizes
Curso de Flebologia estética
naturale SBACV Human aesthetics group
HOME
Introdução
Programa
Conteúdo
Datas
Local
Inscrições
Contato
Corpo Docente
Cirurgia Vascular e Estética
As Especialidades
A Estética Humana e a Medicina
Porque Estudar Estética?
História das Varizes
Human Aesthetics Group
Hoteis Próximos

naturalecurso

naturale

Local Curso Prático
Clínica Naturale Unidade I
Conjunto Comercial Casablanca
Bloco A CJ 51/52
Moema – São Paulo – SP
Brasil
CEP 04088-901
Acessos :
Acesso 1 e Parking : Alameda dos Jurupis , 452
Acesso 2 : Av. Moema, 87

Local Curso Teórico
Centro de Convenções
Mercure São Paulo
Times Square Hotel
Torre Adagio
Sala Central Park
Avenida Jamaris , 100
Moema – São Paulo – SP
Brasil
CEP: 04078-000

 

 

Curso Teórico - Prático de Formação em Estética Vascular

PROMOÇÃO:CLÍNICA NATURALE - SÃO PAULO
DOCENTE : PROF. DR. MIGUEL FRANCISCHELLI NETO
Curso São Paulo

EDIÇÕES I a V : (100% das vagas esgotadas)

Próximo Curso- VI Edição

12 a 15 de Abril de 2018

Aguarde abertura de inscrições em breve

O Belo, a Arte, a Medicina, a Filosofia e a Estética Humana

a_toillete-picasso

A Toillete- Pablo Picasso

    

  O que é o Belo? - Platão já reconhecia a existência de coisas que são belas por si mesmas e que fornecem um prazer puro que não aquele da cessação da dor ou aflição. Sócrates achava que o Belo era uma concordância observada pelos olhos e ouvidos. Kant achava belo, sobretudo o natural, as aves, as plantas. E as definições do Belo e do que é Estética, sempre estiveram presentes e foram ampliadas nas discussões filosóficas e artísticas. A Beleza Humana, também uma manifestação do Belo, às vezes é pouco compreendida por ser associada a um comportamento fútil. Grosseiro engano, trabalhar, praticar esportes, estudar, freqüentar as clínicas médicas voltadas para a estética não é tarefa para fúteis e pobres de espírito. Mulheres e Homens inteligentes, cultos, trabalhadores, mas, sobretudo fortes, são os que têm mais entusiasmo para cuidar da beleza e da saúde.

A beleza humana pura ocupa um lugar no Cosmos, assim como as outras belezas naturais e não naturais. Um belo pássaro ou animal são bonitos, assim como um quadro, uma cidade, uma floresta, uma estrela, ou uma poesia. A beleza se manifesta em coisas livres do sentimento e pensamento humanos e deles não depende. Não há mal em se cultuar o Belo. Não há mal em se cultuar a beleza humana. Admirar o Belo não significa desprezar o que não é belo. Também é belo a mulher idosa, saudável e feliz, assim como o homem ativo em todas as etapas de sua vida. É belo a criança brincando, a obra de arte, a natureza, é belo a sabedoria. Claro, não há beleza na doença, na tristeza, na morte, na fome, na destruição. O harmônico, qualidade do Belo, está nítido e se manifesta na vida, na saúde, na alegria e no amor. A beleza humana só poderia ter sido a maior inspiradora da arte e dos artistas, desde os tempos antigos. A Vitória de Samothrace, O David de Michelangelo, a Vênus de Milo, as pinturas egípcias, a surrealista Gala de Dali, a beleza suave da mulher na Primavera de Botticcelli, a mulher na poesia de Vinícius de Moraes, de Drummond, obras maravilhosas inspiradas pela beleza.

E é claro, a beleza mudou através dos tempos. No passado a beleza humana era só um rosto, privilégio de poucos que tinham a coincidência genética de ter um rosto com linhas harmônicas. Os costumes então não permitiam revelar o corpo. Nos tempos atuais todas as formas humanas são expostas, e essa agradável liberação de costumes criou a possibilidade de outras manifestações de beleza, a beleza do corpo, que é muito mais "democrática", porque acessível à maioria. A nutrição, os esportes, e também a medicina passaram a ajudar na promoção da beleza.
Um novo campo - a Estética Humana se propõe então a utilizar as técnicas, a pesquisa e os conhecimentos médicos para a promoção da beleza da face e do corpo. É a Arte Médica do Belo, e como as outras artes, que produzem um prazer, uma felicidade subjetiva, não pode ser submetida a um juízo de valor. O seu valor é determinado pelo bem estar que causa a quem recebe os seus benefícios. O gosto, a capacidade de julgar o que é belo, é que faz a obra de arte ser maravilhosa para uns e horrível para outros, é influenciado pela cultura, pelas condições sócio econômicas, pela moda, pelos costumes de cada povo. Então, não é a Estética Humana que como ciência cria esse aspectos básicos que são o gosto e a estética. Cabe a ela apenas atender os anseios do inconsciente coletivo e como uma manifestação artística, criar, manter e melhorar a Beleza, contribuindo para a Qualidade de Vida do Ser Humano. 

lempicka

Lempicka

dali

Salvador Dali

 

 

Estética Vascular

A Angiologia e a Cirurgia Vascular quando realizam tratamentos destinados a melhorar a auto-estima dos pacientes é parte integrante deste novo e interessante fenômeno : a Estética Humana. , Podemos então, com ousadia , renomear este setor de sua atividade como um componente das especialidades tradicionais de Angiologia e Cirurgia Vascular e pode ser então chamado de : "Doenças Vasculares com Comprometimento Estético" ou "Estética Vascular" .

Não alheio a esse movimento, A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular , através de seus dirigentes e da decisão por maioria de seus membros, criou oficialmente no seu regimento , como parte do seu departamento científico, o setor de : Doenças Vasculares com Comprometimento Estético.

 

 

 

doctor

The Doctor , Sir Luke Fields -Tate Collection London

 

 A qualidade de vida e o bem estar emocional passam a ser incluídos como indicadores de saúde...
Não basta estar vivo, é preciso estar vivo, com saúde e feliz!

 

 Se a Medicina responde e se propõe a atender este verdadeiro clamor da população por estética, que em última análise,  reflete qualidade de vida, tendência deste  novo milênio, então deve utilizar todo os seus recursos,  incluindo os  conhecimentos  históricos, científicos e éticos  e atender a estes problemas como qualquer outro do seu  universo, sem pré-julgamentos ou preconceitos.

 

Não é a Medicina aplicada à  estética que, como ciência, cria esses aspectos básicos que são o gosto e a estética. Cabe a ela apenas atender aos anseios do inconsciente coletivo e como uma manifestação artística, criar, manter e melhorar a beleza humana.

 

 

 

 

 

Dance , Matisse - MoMA New York matiise_dance

 

 

INSCRICÕES